EDIÇÃO 2016

Cerimônia de Entrega dos Troféus do Prêmio Melhor do Acesso – Edição 2016

 

Sambistas se reúnem e confraternizam em premiação destinada à valorização das Escolas de Samba do Grupo de Acesso paulistano.

 

Numa agradável tarde de sábado, 06 de Agosto de 2016, aconteceu a Cerimônia de Entrega dos Trofeus do Prêmio Melhor do Acesso, nas dependências do Sindicato dos Químicos São Paulo, localizado na Rua Tamandaré, 348 – Liberdade – São Paulo/SP.

 

O evento, organizado por sambistas apaixonados pela folia paulistana, foi iniciado com um coquetel oferecido aos representantes das escolas de samba que no ano de 2016 desfilaram em busca da ascensão ao grupo de elite e, por seu esforço e dedicação, foram reconhecidas em 15 distintas categorias.

 

Cada estatueta foi entregue por um convidado especial, evidenciando a alegria e honra dos premiados. Figuras notáveis do cenário sambístico, tais como o compositor Aquiles Accocella, o figurinista Bruno Oliveira, o intérprete Carlos Junior, o diretor de Harmonia Edison Paulino “Buiú”, o publisher e destaque Jefferson Stevanatto, o radialista Moisés da Rocha, o sambista Tadeu Kaçula e a coreógrafa Yáskara Mazini se juntaram aos ilustres parceiros Hélio, do Sindicato dos Químicos, e os proprietários da empresa Brindes QCV.

 

Os momentos de emoção e alegria foram proporcionados por cada agremiação presente com seus sambistas, em especial pela homenagem especial à Dona Guga, do Morro da Casa Verde, pela reação emocionada do casal de mestre-sala e porta-bandeira da Mancha Verde – Marcelo e Adriana, pela alegria de Helio Rodrigues do Sindicato dos Químicos por conhecer pessoalmente o radialista e ídolo de infância Moisés da Rocha e por último, mas não menos importante, do inflamado discurso da Embaixatriz do Samba Paulistano Duda Ribeiro sobre a grandeza do Trevo da Barra Funda, levando os representantes da escola a uma calorosa manifestação de amor ao seu pavilhão!

 

Saiba aqui quais foram os agraciados com troféus no Prêmio Melhor do Acesso – Edição 2016:

 

  • Melhor Destaque – Camisa Verde e Branco (Nelson Coelho)

  • Melhor Alegoria – Mancha Verde

  • Melhor Fantasia – Mancha Verde

  • Melhor Passista – Independente (Mariana)

  • Melhor Bateria – Camisa Verde e Branco

  • Melhor Ala de Baianas – Independente

  • Melhor Evolução – Camisa Verde e Branco

  • Melhor Harmonia – Leandro de Itaquera

  • Melhor Comissão de Frente – Camisa Verde e Branco

  • Melhor Enredo – Tom Maior

  • Melhor Velha Guarda – Camisa Verde e Branco

  • Melhor Melodia – Leandro de Itaquera

  • Melhor Samba Enredo – Camisa Verde e Branco

  • Melhor Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira – Mancha Verde (Marcelo e Adriana)

  • Melhor Escola – Camisa Verde e Branco

 

 

Até 2017!

 

Coordenação do Prêmio Melhor do Acesso

Pela Valorização do Samba e do Carnaval