GRUPO DE ACESSO 1

Independente Tricolor

Samba enredo 2020

Composição: Dom Junior / Fabiano Melodia / Formiga / Rafael Pinah.

É preciso acreditar
Ter esperança pra vencer
Vai à luta, independente
Faz o meu sonho acontecer

A luz da criação
Me fez voltar no tempo
Sonhando mudar a história
Eu viajei no pensamento
Pra conquistar o mundo

De sonhadores imortais
A desvendar mistérios
Em descobertas geniais
Brincar de Deus, reproduzir
A vida que existe aqui

Fonte de inspiração
Traduz o meu olhar
No cenário da imaginação
Sem limites pra sonhar

Agora mergulho na minha ilusão
Quem dera chegar mais além
Pra ver o futuro melhor
Quero justiça e liberdade

A humanidade em comunhão
Segue o avanço da ciência
Pra encontrar a perfeição
Sonhei, buscando a felicidade
O que era utopia, hoje é realidade

Estrela do Terceiro Milênio

 

Samba enredo 2020

Composição: Felipe Mendonça / Matheus Nassar / MAURÍCIO PITO / Rodrigo Shumacker.

 

Hoje o couro vai comer! Cai no samba!
Minha festa é pra você, gente bamba
Azul e vermelho, explode povão
Milênio, estrela do meu coração

Vou rumo à ilha da magia
É mãe d’água quem me guia
Nesse rio de encantos, emoções
Amazona guardiã, guerreira!
Será peixe ou cunhã? Sereia

No tempo a viajar, parintintins, tupinambás
Preservaram sua joia rara
Índio resistiu ao invasor
Negro foi trazido de além-mar
Em cada encontro, uma dor e um amor
Dessa mistura, uma cultura singular

Bate o tambor, entra na dança
Canta o pajé, é magia, herança!
Vem da floresta a cura pro mal
A força em cada ritual

É cabocla a cara do norte deste país
Um caldeirão de raças
Um sabor que não perde a raiz
A bênção de Nossa Senhora do Carmo, proteção
A arte e o sagrado despertam os dons, revolução
Ê boi, lembranças lá do Maranhão

É boi bumbá que nasceu, fez da alegria, tradição
No festival das cores, em toadas as paixões
Das mãos de sonhadores, o bailar das criações
A identidade do artista genial
Na avenida ganha vida
É carnaval

Mocidade Unida da Mooca

Samba enredo 2020

Composição: Clayton Reis / Dom Marcos / Gui Cruz / Imperial / Luciano Rosa / Marçal / Minuettos / Portuga / Rafael Falanga / Reinaldo / Vitor Gabriel.

 

Eu tenho o meu valor
Respeite a minha cor
Só quero paz e igualdade
Sob a luz de olorum
Uma história de atitude
A Mooca é a voz da negritude

Ecoa o clamor da resistência
A negra voz que ilumina a consciência
Tingindo de preto os palcos de marfim
O sonho de palmares renasce em mim

Pelo povo e meus irmãos
Minha luta não foi em vão
A luz de aruanda na ribalta
Liberta as amarras da realidade
Arranca a mordaça e diz a verdade

Kao kao kabecile xangô
Teu leão de batalha eu sou
Aos olhos do rei a justiça revela
Poder ao povo da favela

Convoco tambores de axé
Num elo de fé, por nossa raiz
Não deixem cair no comum
Confundirem mais um
Sangra nosso país

Vem meu irmão
À luta contra a intolerância
Estou presente em cada coração
Resistindo à ignorância
Eu sou a força de quem nunca desistiu
O nascimento de um novo Brasil

Camisa Verde e Branco

Samba enredo 2020

Composição: Almir Menezes / Bira Moreno / Cunha Bueno / Erasmo Dias / Fábio Souza / Maradona / Mario Lucio / Pedro Carmo / Rafa Do Cavaco / TURKO / Zé Paulo Sierra.

Salve a batucada do meu canjerê
A Furiosa toca samba pra você
Salve a Barra Funda
Meu eterno amor, Ajayô, Ajayô

Laroyê! Exu mojubá
Xeu êpa babá, meu pai Oxalá
É sangue africano correndo nas veias
Ecoa o batuque que vem do porão
A voz não se cala na dor da luta
Sou negro no açoite da escuridão

Ê Bahia de todos os santos
Savalu vodun zo magia e encanto
Na festa de candomblé vai ter xirê
Atotô meu pai Obaluayê
Aieieu mamãe Oxum venha me valer

Ogan bateu o tambor
Okê okê arô, kabecilê Xangô
Patacori Ogum, eparrei Iansã
Odoya, saluba Nanã

Nascido no Candeal ao som do ilê aiyê
No toque do timbau
Vem ver Timbalada descendo a ladeira
No pelô, Olodun levanta a poeira

Eu sou do gueto, não sou de brincadeira

Eu vou cantar no trio, eu vou
Espalhando axé pela cidade
Aplausos ao tribalista da canção
Nos palcos da vida a consagração
Carlinhos Brown é verde e branco
No trevo do meu coração

Leandro de Itaquera

Samba enredo 2020

Composição: Daniel Ferrugem / Di Andrade / Edmilson Silva / Marcelo Cruz / Renato Ícaro / Sérgio Carmo / Xuxu do Cavaco.

Sob as bênçãos de obatalá
A luz de orumilá, sou África
Berço da humanidade
Fauna e flora, riquezas
Um mundo de diversidades
O axé, natureza me trás
A fé tá no meus orixás
É crença, é banto, jeje, nagô
Kaô, xangô

Vem na ginga que a poeira vai levantar
Capoeira, abre a roda ioiô e iaiá
Rufam os tambores
Minha arte é coisa de bamba
É jongo, é semba, é samba

Talhei, esculpi, modelei
E os caminhos que passei
Me trouxeram a este chão
Na luta pela liberdade
Em meus filhos vi coragem

E a fúria de um leão
Na Zona Leste um quilombo encontrei
Com galhardia vi um povo lutar
Em sua alma a essência de uma raça, uma nação
E a Leandro é resistência, é gana, é tradição

O meu branco é de paz
Meu vermelho é paixão
Vem de Itaquera a força do leão
Firma o batuque que a festa é africana
Savana, êh, savana

Acadêmicos do Tucuruvi

Samba enredo 2020

Composição: Abílio Jr. / Digo / Edu Borel / Fábio Jelleya / Henrique Barba / JC Castilho / Leonardo Bessa / Myngal / Newtinho / Wlad

 

Bate forte no peito uma saudade
O meu sorriso é especial
Um show de alegria vem aí!
É Chico Anysio, é Tucuruvi

Hoje eu vou pra galera
Deixa a tristeza pra lá
Todo mundo reunido
Tá na hora, Chico City está no ar
De Maranguape, o menino
Lançou a flecha do destino

Pediu passagem com coragem e amor
De tão singular, se torna plural
Em seus personagens traduz emoções
A alma refletida nas paixões

Alô Alô quem é? Fala Salomé!
Bento Carneiro assustou o Coalhada
O professor deu nota dez pro Bozo
E o salário ó, virou piada

Pode correr a sacolinha
Não é Justo levar nosso dinheiro
Em cada face do artista
O jeitinho brasileiro
Levou aos quatro cantos do país
Irreverência sem pudor

Amado Mestre, o povo aplaudiu
A escola mais querida do Brasil!
O rei do riso nos ensinou
O melhor remédio é sorrir
Eis o legado imortal
E a sua estrela vai brilhar no carnaval

Nenê de Vila Matilde

 Samba enredo 2020

Composição: Adauto Alves / Akash / China / Dadô Poeta / Marcio Pessi / Samuel Bussunda.

Sou águia guerreira, sou samba
Verdadeiro reduto de bambas
O Largo do Peixe é minha raiz
Um brinde aos meus, aqui sou feliz

Dádiva do céu
Da mais bela deusa, um ritual
Ao sopro do vento, na areia do tempo
Grandes impérios conquistou
Misturas e sabores; ganha novas cores

Encanta a nobreza, sublime a pureza
Cruzou o mar com destino a Nova Holanda
Expedição ou mera invasão
Um paraíso, pura ilusão

No meu Brasil veio a família real
Abriu os portos, alegria geral

Gostosa com sabor de quero mais
A cerveja virou paixão nacional

A noite um violão
No barzinho uma canção
Na boemia a embalar
Embriagando corações

No grito de gol transborda alegria
Na praia é meu Sol, verão e poesias
Inspiração, nossa cerveja é edição especial
Vai, Nenê! Hoje o brinde é pra você
Vamos renascer
A nossa Vila nunca vai morrer

Vai Vai

Samba enredo 2020

Composição: Afonsinho BV / DaMatta / Dani Almeida / Koke / KZ / Ronaldinho Do Fundo De Quintal.

 

O meu Bixiga é encanto e magia
Show de melodias que pairam no ar
Vai-Vai traz no peito as suas estrelas
E vai te emocionar

 

Vai alvorecer
E no despertar de um novo dia
Vou eu, recriando a história
Um passado de glórias
Nesse chão de poesia
Vou eu, recriando a história
Um passado de glórias
Nesse chão de poesia

Vamos viajar pelos caminhos da folia
Chuva de confete e serpentina
Damas meninas embalando a multidão
Transformando em passarela a Avenida São João

Busquei no Orum o azul mais bonito
Pra eternizar Noel
Nas voltas do mundo fui força e milagres
Girando em um carrossel

Num toque fiz brilhar
Valores que brindei
Nos braços da boemia
Divaguei com olhos de criança
Vi um facho de esperança
Nas viradas da alegria

Desperta, meu amor
Vem clarear os sonhos meus
Que um novo dia vai raiar
Pra espantar os medos seus
A música venceu
E, além do tempo, eu hei de ver
O álamo do samba florescer